Para Cacau Lopes, Monte Aprazível falhou nos cuidados com a saúde

O prefeito eleito de Monte Aprazível, Nelson Montoro, recebeu esta semana o ex-secretário de Saúde de Rio Preto, Cacau Lopes, a fim de se interar de projetos e formas de captação de recursos para a área da saúde municipal. Durante o encontro, Cacau Lopes também buscou orientar sobre determinados assuntos, como a ampliação do atendimento e dos serviços da rede pública de saúde.

Um dos assuntos tratados por Montoro durante a reunião foi a implantação de novos programas. “Gostaríamos de contratar o Programa Mais Médico do Governo Federal, desta forma nós aumentamos o número de médicos da rede pública e atendemos mais pacientes nas unidades de saúde.” Ainda de acordo com Montoro “Por não ter participado da primeira etapa do convênio, vamos ter que correr atrás de outras documentações para enfim conseguirmos trazer este benefício para o município”.

Professor da Faculdade de Medicina de Rio Preto, FAMERP, Cacau Lopes se mostrou preocupado com a atual situação da saúde em Monte Aprazível. “Tem muitos projetos, programas, que além de melhorar o atendimento na rede pública, poderiam aumentar a quantidade de recursos destinados para cá.”

Ainda de acordo com o ex secretário de saúde, o grande problema de Monte nem é a estrutura, mas sim as falhas na administração dos recursos e do funcionamento,  algo que pode ser revertido. Segundo levantamento feito por Cacau, alguns serviços da rede pública poderiam ter sido aumentados, com baixo custo para o município, já que contaria com repasses do governo federal ou estadual. “Alguns tratamentos nas unidades básicas de saúde, ou então no posto de saúde, já poderiam ter sido solicitados melhorias, com aumento de repasse para os custeios do funcionamento.”.

De acordo com os dados de Cacau, Monte deixa de arrecadar R$90 mil por mês, e que seriam destinados somente para saúde.

Início do mandato

Experiente na área da gestão pública, Cacau Lopes aconselhou Montoro para os primeiros meses do governo, considerado por ele como os mais difíceis do mandato. “O Montoro fez este convite para que possamos ajudá-lo na elaboração de documentos, projetos, para estruturar bem a área da saúde e fazer um bom trabalho.” Ainda de acordo com o ex secretário. “Estes primeiros meses são mais tensos, é preciso trabalhar com muita atenção. Neste primeiro ano o Montoro terá que trabalhar para ajeitar a casa, estruturar o funcionamento.”

Convidado para fazer parte da equipe de governo, o farmacêutico Nereu Paschoali, também esteve no encontro e acredita no trabalho em equipe para aperfeiçoar a saúde em Monte. “De início é preciso avaliar como está a estrutura, montar o que for preciso, além de motivar todos.” Nereu ainda comenta “O tratamento ideal é quando se tem prioridade na atenção básica, com uma estrutura que resolva as dificuldades do paciente sem que ele precise ser encaminhado para Santa Casa já com os sintomas.”

“Quero logo que assumir, conversar com todas as pessoas dos postinhos, unidades básicas de saúde, quero que todos saibam da importância que eles terão no nosso mandato e como eles são importantes para a saúde da nossa população”, afirmou Montoro.

Categorias: Cidades,Monte Aprazível