João Célio será presidente da Câmara em Monte Aprazível

João Célio Ferreira (PSDB) será o presidente da Câmara de Monte Aprazível, caso se confirme o acordo selado na noite de ontem, na residência do médico Nivaldo Montoro, irmão do prefeito eleito, Nelson. O acerto foi entre os vereadores de oposição Donaldo Paiola (PSDB), João Célio,  Ailto Faria (PV), Danilo de Souza (PROS) e Jacó Brite (PSD), eleito pela coligação de Montoro. Eleito pela oposição, Gilberto dos Santos (PDT) não participou e, segundo Paiola, ele não teria sido localizado. “Foi uma reunião marcada de repente, não conseguimos localizar o Gilberto, mas esperamos que ele vote com o grupo”, adiantou Paiola.

Gilberto, que também pleiteava o cargo, se considerou traído pelo grupo. “Eu fui traído pelo meu grupo tanto quanto o Jean (Winicius (PSC) foi traído pelo Jacó.” Jean Winicius é o candidato da situação e vai manter a sua candidatura.

Procurado, João Célio não confirmou o encontro e adiantou que vai colocar a sua candidatura e espera ter os votos dos demais oito vereadores.

A reunião foi confirmada por Paiola, que disse não saber quem a convocou. “O PSDB está procurando seu espaço, fomos chamados para a reunião e apresentamos o nome de nosso candidato que é o João, já que o momento não é adequado para mim”, comentou Paiola. Paiola é advogado e, para exercer a presidência, teria que deixar a advocacia. O médico Nivaldo Montoro alega que apenas cedeu sua casa para o encontro, a pedido do grupo, e que Nelson não participou dele e em momento algum interferiu nas negociações.

Paiola, presidente do PSDB, disse que o encontro e a definição do nome de João Célio como candidato não são garantias de que o resultado esperado vá se concretizar na votação de amanhã. Dúvida que Jean Winicius não tinha mais. Para ele, a vitória da posição, com o voto de Jacó, é certa. “Eles até assinaram um documento nesse sentido, mas vou manter minha candidatura e demonstrar que fui traído.”

Jacó Brite, segundo familiares, estaria em um sítio, sem celular, e não foi localizado pela reportagem.

Categorias: Cidades,Monte Aprazível,Política