Montoro e Gilberto buscam recursos para Meio Ambiente

Acompanhado do vereador Gilberto dos Santos (PDT), o prefeito Nelson Montoro (PSD) visitou os gabinetes dos deputados Analice Fernandes (PSDB) e Chico Sardelli (PV). Segundo o prefeito e o vereador, foram reuniões muito produtivas, com possibilidades de levantamento de recursos superior a R$ 3 milhões para urbanismo e meio ambiente.

Com a deputada, segundo Gilberto, foi acertada uma emenda de R$ 400 mil para recapeamento e definido que o prefeito deve apresentar no dia 12 de abril, na Secretaria do Meio Ambiente,  um projeto de recapeamento, para obter financiamento de até R$ 2 milhões. Gilberto tratou com Analice a liberação de emendas pedidas pelo vereador, já aprovadas em 2015 e 2016, de R$ 100 mil para construção de velório em Junqueira, R$ 150 mil para recape e outros R$ 170 mil para galerias na cidade.

Na ocasião, o prefeito vai apresentar também o pedido de uma máquina trituradora de galhos e entulhos. ´”É uma máquina grandiosa e a deputada até aconselhou a formação de um consórcio com os município vizinhos para melhorar aproveitar o equipamento”, explicou Gilberto

Com o deputado Chico Sardelli ficou acertado que o município deve apresentar um projeto de aterro sanitário para liberação de recursos de até R$ 1 milhão. O recurso vem da Secretaria de Justiça, do Fundo de Interesses Difuso, oriundo de multas ambientais. “É o mesmo tipo de recurso que foi perdido pela administração anterior para desassoreamento e urbanização da represa. Por isso, para evitar nova perda, é preciso um projeto muito bem elaborado e todos os prazos devem ser rigorosamente observado, devendo ser apresentado no início de maio”, lembrou Gilberto. “Foi exposto ao deputado que o município gasta quase R$ 3 milhões com a coleta e destinação do lixo e que o aterro é muito importante para nós. O valor de R$ 1 milhão, não é suficiente, mas é o primeiro passo e o deputado garantiu que vai intermediar novas verbas, pois, conforme disse o secretário, há muito recursos para o meio ambiente, mas é preciso ter bons projetos”, observou Gilberto.

Categorias: Cidades,Monte Aprazível,Política