Câmara de Nipoã vota projeto de convênio com Santa Casa

Prefeito José Lourenço envia lei que autoriza contratação de serviços médicos por R$ 120 mil anuais

O prefeito José Lourenço (PSD) enviou à Câmara de Nipoã projeto de lei autorizando a celebração de convênio com a Santa Casa para prestação de serviço básico de saúde para atendimento médico ambulatorial. O prefeito se reuniu com vereadores explicando o projeto para agilizar o processo de dicussão da matéria e facilitar a aprovação do projeto, que será apresentado em plenário na próxima sessão ordinária de terça-feira.

“Estou empenhado em resolver essa questão o mais rápido possível porque nós precisamos do atendimento e a Santa Casa precisa ser remunerada pelos serviços que vem prestando aos nossos pacientes”, adiantou José Lourenço. O prefeito enfatizou a importância do convênio por se tratar de hospital que presta “excelentes serviços e está a apenas 15 minutos de distância de Nipoã.”

O projeto a ser votado estabelece que a prefeitura vai repassar R$ 120 mil anual para a Santa Casa e lamentou que ele ainda não foi regularizado. “O acordo com a Santa Casa não foi fechado ainda por questões burocráticas e de legislação, depois de estudos feitos pelo departamento jurídico chegou-se a conclusão que a solução mais adequada é o contrato, com a aprovação da Câmara, pois há interesse nosso e da população que o serviço seja prestado pela Santa Casa de Monte Aprazível”, enfatizou José Lourenço.

Para o prefeito, o atendimento da Santa Casa é importante porque complementa o atendimento do município. “Todo nosso setor de saúde foi reformulado, ampliamos os horários de atendimento, contratamos médicos especialistas e mudamos a realidade da saúde básica do município. A qualquer hora do dia, o paciente que chegar a nossa unidade de saúde terá ao menos um médico para atendê-lo, mas há casos em que há a necessidade de encaminhamento para Monte Aprazível”, lembrou José Lourenço.

Categorias: Nipoã