A Mar & Rio aposta na mesa saudável com peixe e vinho

Grande importadora de pescado investe no refinamento dos hábitos alimentares do brasileiro

Não foi por acaso, mas pela visão de mercado, que o monte-aprazívelense Júlio Cesar Antonio tornou uma pequena empresa de quintal da periferia de Rio Preto em uma das maiores importadora de pescado do Brasil, em menos de dez anos. Que o brasileiro buscava uma alimentação saudável todo mundo percebia, mas foi Júlio quem notou que a busca acabaria no peixe, a fonte de proteína mais saudável e menos consumida no mercado à época.

Quando a Mar & Rio entrou no mercado, o consumo per capita de peixes era de pouco mais de 1 quilo e hoje o consumo decuplicou e nessa proporção cresceu a empresa. Assim como colocou a saúde no prato, o brasileiro, hoje,  quer colocá-la também no copo e a bebida saudável para harmonizar com seus peixes, a Mar & Rio está indo buscar nas vinícolas italianas, portuguesas, chilenas e argentinas.

“A ordem do senhor Júlio foi bastante clara, encontrar bons vinhos, com bom preço e trabalhar com margem pequena de lucro para oferecendo aos nossos clientes novas e exclusivas opções em vinho”,  explica Camilo Cunha Palma, o sommelier responsável pela divulgação, orientação, promoção e contato com lojistas, restaurantes,  consumidores e fornecedores.

Segundo Camilo, a partir da tendência do consumidor por bebidas mais saudável, com carisma e sofisticação como o vinho, a empresa enxergou uma oportunidade de ampliar os negócios dentro de uma estrutura logística e comercial já estabelecida em quase todo o Brasil que a empresa já possui. “Tudo foi muito planejado com pesquisa de fornecedores exclusivos, com rótulos de qualidade e a preços muito competitivo, pois a nossa margem pode ser pequena em virtude da estrutura já consolidada e da rede de clientes que temos.” O grosso dos parceiros da Mar & Rio são os restaurantes de comida oriental para os quais fornece, além dos peixes e frutos do mar, grãos, temperos, especiarias e até utensílios de cozinha. Com os vinhos, os pontos de vendas podem ser ampliados para supermercados e lojas,  como já ocorre com os pescados.

Os primeiros lotes de vinhos italianos desembarcaram há menos de dois meses e são rótulos exclusivos no Brasil e originários de vinícolas tradicionais como um chianti da vinícola da família do tenor Andrea Bocelli.

A empresa, segundo Camilo, viu no mercado de vinha uma oportunidade de ampliar os negócio e fidelizar ainda mais seus parceiros. Por hora, a empresa está trabalhando somente com os importados, mas deve investir também em produtos nacionais, especialmente nos espumantes que, segundo Camilo, possuem altíssima qualidade a ponto de serem aceitos como champanhe por paladares e olfatos menos treinados. a Mar & Rio tem em sua carta cerca de 50 rótulos de tintos, brancos, rosés e sazonais.

Como o negócio com vinhos e espumantes foi iniciado há menos de sessenta dias, Camilo não revela números, mas garante que está sendo um sucesso de vendas e aceitação do mercado e que todas as metas estabelecidas no ano serão batidas. O sucesso foi tamanho que Camilo não deu conta de desempenhar sozinho a missão e trouxe de volta para o interior a jovem semmolier Isadora Ceneviva Bérgamo, conterrânea do patrão Júlio Cesar.

Camilo é um semmolier de larga experiência no ramo, desde 1998, com nível universitário e pós graduado em gestão de negócios em serviço de alimentação e não tem dúvida no estabelecimento do vinho e comida oriental no paladar brasileiro, mesmo em regiões com forte presença do churrasco com cerveja, como a nossa. preferência brasileira “O vinho não é um modismo, ele tem conquistado o brasileiro, como ocorreu com o peixe que aumentou muito o consumo e isso pode ser verificado aqui na região com o grande número de restaurantes da culinária oriental que se abriram nos últimos anos e o vinho harmoniza muito bem com a comida oriental”, encerra Camilo.

Categorias: Geral