Santa Casa expõe contas e metas em audiência

A Santa Casa de Monte Aprazível realizou no dia 20, audiência pública, no prédio da Câmara, para apresentar o balanço do exercício do ano passado, as contas atuais e as metas de trabalho que estão sendo desenvolvidas no hospital pela nova diretoria. “Uma audiência pública, com ampla divulgação e convite a todos os setores da sociedade, do pessoal da área de saúde, é inédito  na história da Santa Casa e mesmo da cidade, numa demonstração de que trabalhamos com transparência e preocupação em oferecer serviços com mais qualidade e atendimento humanizado”, proclamou o provedor João Roberto Camargo.

Compareceram à audiência, o assessor municipal de saúde, o presidente da Câmara, João Célio, os vereadores Ailto Faria e Danilo de Souza, membros da Irmandade e da diretoria e poucos usuários. “Não foi uma audiência ampla, apesar da ampla convocação, o comparecimento não foi expressivo, mas serviu para que, nas próximas reuniões que vamos promover buscar a participação maior dos usuários, do comércio, de entidade. Somente com o fortalecimento dos laços entre a Santa Casa, o setor de saúde municipal e, principalmente, dos usuários vamos fortalecer o atendimento em saúde humanizá-lo”, aposta Camargo.. 

Ao apresentar o balanço do exercício encerrado em 31 de dezembro do ano passado, o provedor apontou um passivo orçamentário de R$ 3,7 milhões e um déficit mensal de receita em torno de R$ 90 mil. Segundo ele, ao assumir em janeiro deste ano, a nova diretoria se esforçou para equacionar da dívida, reduzindo-a para limites mais razoáveis à realidade da receita e eliminar o déficit mensal, através de corte de despesas e aumento de receitas. “Conseguimos reduzir R$ 1,3 milhão da dívida e equacionar o elevado déficit mensal, através do corte de despesas supérfluas de modo que não afetasse o atendimento e elevar a receita, através da valorização dos nossos serviços junto às prefeituras para as quais somos referência”, explicou Camargo.

Agora, segundo ele, a diretoria está emprenhada em aumentar ainda mais as receitas através de negociação com os planos de saúde, com sucesso. Até o final do ano, será implantado o aparelho de raio x digital que, segundo Camargo, será importante fonte de receita para prestação de serviços para empresas. A nossa meta é a melhoria na estrutura da saúde e no atendimento humanizado”, concluiu Camargo.

Categorias: Monte Aprazível