Nipoã terá novas moradias populares

O prefeito de Nipoã, José Lourenço, retornou de São Paulo, com boas novas para os moradores da cidade que não tem casa própria: a liberação da ordem de serviço para a construção de 144 moradias financiada pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano – CDHU.

O prefeito esteve com o secretário estadual da habitação, Rodrigo Garcia, que assinou a ordem de serviço para a construção. “Agora é só aguardar que a CDHU faça a licitação e contrate a empresa vencedora para realizar a obra. A nossa parte foi feita, agora é com a Secretaria da Habitação. Solicitei ao secretário, nosso querido amigo deputado Rodrigo, que agilize o processo, pois a questão da moradia na cidade afeta a população mais pobre que tem de tirar da mesa para pagar o aluguél. a falta de moradia é uma situação dramática, pois além de ser difícil para o trabalhador, casas para alugar são pouca e o preço sobe”, contata o prefeito. 

A preocupação de José Lourenço quanto à falta de moradias na cidade é real. Assim que assumiu o cargo de prefeito encontrou 48 moradias prontas e fechadas por parte de acerto de contrapartidas do município não efetuadas pelo ex-prefeito. “Rapidamente regularizamos a situação, pagando tudo que tinha ficado para trás e em menos de sessenta dias, o governador esteve pessoalmente entregando as chaves para os contemplados e aquelas famílias fugiram do aluguel e puderam ter uma vida melhor e investir na educação do filhos”, concluiu o prefeito.

Categorias: Nipoã