Morador reclama de suposta magia negra em cemitério de Monte Aprazível

Aprazivelenses encontraram trabalhos de macumba em túmulos na manhã da última terça-feira e exigem providências da prefeitura para a fiscalização e conservação do local.

O enfermeiro Devair da Rocha ficou indignado por ter o túmulo do pai usado nos pretensos trabalhos religiosos. Ele conta que na manhã da terça-feira recebeu telefonema da pessoa que limpa o túmulo de seus pais informando que havia encontrado uma macumba no túmulo. No local ele encontrou um balaio repleto de animais mortos, comida, bebida e sangue já em estado de putrefação.

Ao solicitar de um funcionário que recolhesse o feitiço, foi informado que não era atribuição do zelador fazê-lo. “Mas um dos coveiros se prontificou a retirar e enterrar a macumba”.

Devair se diz indignado e foi até a prefeitura pedir providências já que o cemitério, segundo ele, “se encontra em total abandono. Por diversas vezes houve roubo de placas, argolas e outros objetos de bronze, os calçamentos estão cheio de mato e agora essa falta de respeito. Fizeram macumba em diversos túmulos do cemitério, não foi só no túmulo dos meus pais”.

Devair acredita que “já passou da hora da prefeitura iluminar o cemitério, colocar guardas ou fazer o monitoramento por câmeras. Não se pode deixar o local naquele abandono e permitir atos desrespeitosos como esse no campo santo. O cemitério tem sido usado para o consumo de drogas e até para atos sexuais. Um verdadeiro absurdo”, enfatiza.

Categorias: Monte Aprazível