João Célio e lideranças municipais garantem emprego nas obras da rodovia Feliciano Salles Cunha

Presidente da Câmara e prefeitos Antonio José e Parochi pediram preferência a trabalhadores da região

Nas primeiras semanas de 2018, devem começar as obras de terceira faixa e duplicação da rodovia Feliciano Salles Cunha e para garantir que os trabalhadores de Monte Aprazível, Poloni e Neves paulista tenham prioridade no preenchimento das vagas de trabalho, o presidente da Câmara de Monte Aprazível, João Célio Ferreira, e os prefeitos de Poloni, Antonio José Passos, e de Neve3s Paulista, Ilso Parochi, se reuniram com diretores da empreiteira do consórcio vencedor da concorrência.

João Célio explicou que as obras da rodovia foram divididos em oito trechos,  cabendo a Constroeste a extensão entre Mirassol e Monte Aprazível.   “È uma obra muito grande,  que vai levar pelo menos dezoito meses e empregar muita gente. A Constroeste vai montar o seu canteiro na Barra Dourada (proximidades do trevo de Neves) e atendendo pedido meu, do prefeito Antonio José de Poloni e do Parochi de Neves, a empreiteira se comprometeu a dar preferência aos trabalhadores das três cidades.”

Conforme explicou João Célio, os trabalhadores interessados nas vagas e com as qualificações para as diversas funções devem entregar seus currículos nas cidades, no caso de Monte, diretamente a João Célio, na rua Amador de Paula Bueno 837.

“Os currículos recebidos serão encaminhados pela empresa e será ela que vai escolher candidatos. O candidato que preencher os requisitos da empresa e for morador de uma das três cidades  terá preferência na contratação”, explicou  João Célio.   

As vagas disponíveis são para apontador, armador, auxiliar campogredista, auxiliar de topografia, carpinteiro, espargidor, feitor de turma de terraplenagem, lubrificador meseiro, motorista de basculante, motorista de comboio, operadores de motoniveladora, escovadeira, pá carregadeira, minipácarregadeira, vibroacabadeira de asfalto, recicladora de solo, retroescavadeira,  rolo compactador, trator lâmina, frescadora de asfalto, tratorista, pedreiro, rasteleiro e servente de obras.

“Eu considero um grande passo para melhoria do nível de emprego na s três cidades. A obra em si vai ajudar muito na economia das cidades da região, porque será grande o número de trabalhadores  alojados no acampamento que acabam consumindo nas cidades. Vários setores serão beneficiados”, crê João Célio.

Categorias: Monte Aprazível,Nhandeara,Poloni