Reconstrução de ponte na estrada de Ibiporanga terá custo de R$ 450 mil

Sem recurso para a obra, prefeitura busca ajuda da Defesa Civil do Estado que já vistoriou o local e adiantou o processo

As fortes chuvas que caíram na madrugada de domingo na região provocaram estragos nas estradas vicinais e destruíram uma ponte na Rodovia Izidoro Saran, que liga Tanabi ao distrito de Ibiporanga. Os moradores da vila e da zona rural ficaram ilhados e obrigados recorrer a caminhos alternativos por estradas de terra para sair ou chegar a casa.

A reconstrução da ponte e do asfalto da pista destruídos, segundo o departamento de engenharia da prefeitura de Tanabi, foi orçada em R$ 450 mil. “Esse valor é para reconstruir com aduelas de concreto, que é mais barata, mas a prefeitura não tem esse dinheiro”, adiantou o prefeito Norair da Silveira.

Norair, diante do estado de emergência, logo após o acidente, acompanhado do deputado estadual Orlando Bolçone, do seu partido, o PSB, foi em busca de verba junto à Defesa Civil do Estado para a reconstrução o mais breve possível.

Norair se reuniu com a coordenadora estadual da Defesa Civil, coronel Helena dos Santos Reis, na tarde de quarta-feira, a quem pediu socorro diante da emergência.

Norair entregou documentos preliminares, com planilhas e fotos. Na reunião ficou estabelecida que técnicos do órgão fariam vistoria do local, ontem, diante da situação crítica, a visita foi antecipada para a quinta-feira. “O nosso pedido está sendo visto como prioridade pela Defesa Civil e já nos próximos dias a documentação e o pedido de verba estará nas mãos do governador Geraldo Alckmin para despacho.”

O prefeito espera receber a totalidade dos recursos, sem que a prefeitura participe da reconstrução. “Espero não precisar, afinal é uma emergência e o município foi bastante castigado pelas chuvas. Mas, diante da gravidade e dos transtornos, se for exigida uma contrapartida da ordem de 10% a 15% é possível arcar com esses custos”, assegura o prefeito.

Serviços de emergências

Enquanto espera, o prefeito tenta construir um desvio no local, solução dificultada pelo fato de a propriedade particular ter a área marginal da rodovia declarada como reserva ambiental. O prefeito tinha uma reunião com a proprietária marcada para a tarde de ontem.

Contornadas as restrições ambientais, será construída no desvio uma ponte metálica móvel de propriedade da Usina Guarani, equipamento com capacidade de suportar até 100 toneladas, usada pela empresa em casos emergenciais nas estradas em que circulam seus caminhões.

Assim que o desvio estiver pronto, Norair apela aos motoristas que observem as regras de segurança, já que a ponte móvel só permite o tráfego de um veículo por vez.

O prefeito garante que estão sendo tomadas todas as medidas para que os serviços básicos e essenciais aos moradores do distrito e das propriedades rurais sejam mantidos. “Até que não seja construído o desvio em um primeiro momento e a obra definitiva da ponte, todos os serviços públicos estarão assegurados. As máquinas estão liberadas para as melhorias e conservação das estradas Ibiporanga/Malhador/Tanabi e Ibiporanga/Espraiado/Tanabi, como alternativas de acesso para a população. O local do acidente está todo sinalizado e seguro.”

A Secretaria Municipal de Saúde informou que os pacientes do bairro de Ibiporanga estão sendo atendidos no bairro da Rincão por uma técnica em enfermagem que fará o pré atendimento para posterior consulta médica e encaminhamento A secretária municipal da saúde,Rosana Gonçalves, afirmou ainda que o motorista da van da saúde está orientado a levar e esperar a finalização das consultas destes pacientes.

“Todos os esforços e medidas estão sendo tomadas para que todo atendimento e necessidade da população seja satisfeito”, salientou o prefeito.

Categorias: Tanabi