Preço dos imóveis em Monte e Tanabi teimam em não recuar

Contrariando tendência verifica no Brasil pela primeira vez em 10 anos, valor de imóveis na região continuam estáveis

O preço dos imóveis em capitais e grandes cidades brasileiras registrou queda pela primeira vez em 10 anos. Foi 0,56% de queda real, descontada a inflação de 2,78%. Mas em cidades como Monte Aprazível e Tanabi o preço dos imóveis tem se mantido estáveis, segundo os corretores Justino Alves, da Imobiliária Casa Branca em Monte Aprazível e Fabrício Missena, da imobiliária Gestão de Imóveis em Tanabi.

Justino diz que em Monte Aprazível existe um desequilíbrio entre oferta e procura, mas o preço continua estável. “Tem mais oferta do que procura em razão do atual momento econômico que o Brasil está passando. Com a economia instável e o cenário de corrupção, o investidor fica cauteloso e deixa de investir. O dinheiro fica represado. Por tradição, o brasileiro gosta de economizar e é conservador em relação a investimentos e com um cenário como o atual ninguém investe”, argumenta.

Missena reconhece que nas grandes cidades “onde o preço é calculado mais por metros quadrados” houve uma queda no valor dos imóveis, porém “em cidades menores domo Tanabi os imóveis estão com os preços estabilizados, não havendo aumento e nem queda nos últimos três meses. No entanto, a negociação entre proprietário e comprador pode ser alterada dependendo da forma de pagamento”, diz.

As vendas em Tanabi, de acordo com Missena, tiveram queda nos meses de outubro e novembro de 2017, “mas no mês de dezembro já sentimos uma melhora”.

Os imóveis residenciais ainda são os que rendem mais negócio e, segundo Justino, os imóveis de médio padrão são os que mais se confirmam. Já Missena diz que “tem mercado para todos os imóveis, porém os imóveis mais procurados em Tanabi são terrenos que giram em média entre R$ 35 mil a R$ 40 mil principalmente e, loteamentos para financiamento do Minha Casa Minha Vida. Mas percebemos que aumentou muito a procura por loteamentos fechados”.

Outro diferencial de Monte Aprazível e Tanabi em relação ao mercado imobiliário de grandes cidades é que nas cidades menores não se calcula venda pelo preço do metro quadrado e sim da localização do imóvel. Justino diz que um imóvel de alto padrão em Monte Aprazível, independente de sua localização, está avaliado entre R$ 1 milhão a R$ 1,5 milhão. Um imóvel de médio padrão custa entre R$ 400 mil a R$ 600 mil e um imóvel de baixo padrão custa entre R$ 80 mil a R$ 180 mil.

Missena diz que “um terreno de 11 x 44 ou de 11 x 33 metros na área central de Tanabi custa entre R$ 250 mil a R$ 350 mil, mas na rua comercial da cidade esse preço é ainda maior”.

Categorias: Artigos