Faculdade de Monte celebra os 130 anos de morte de Dom Bosco

Comemorou-se na última quarta-feira, dia 31, os 130 anos de morte de São João Bosco, cujo nome foi dado à capela do colégio e faculdade Dom Bosco de Monte Aprazível pelo fundador padre José Nunes Dias em razão de Dom Bosco ter sido um grande educador com um trabalho voltado à classe menos favorecida.

Para comemorar a data foram celebradas várias missas na capela Dom Bosco de Monte Aprazível, que agora pertence à paróquia de Nossa Senhora de Fátima. De domingo a terça feira foi celebrado o tríduo em homenagem a Dom Bosco e as festividades culminaram na quarta-feira com a celebração de missa que contou com a presença do Bispo Dom Thomé.

Segundo Vanderlei Pereira, diretor da faculdade Dom Bosco, Padre Nunes construiu a capela “com muito amor e queria fazer dela um local de orações e reflexões. Com a morte do padre Nunes, a capela estava perdendo sua finalidade então fizemos uma concessão de 20 anos para a Diocese de Rio Preto, porque dessa forma ela passou a fazer parte oficialmente da paróquia de Fátima e agora possui um calendário com missas dominicais às 18 horas. Mas a faculdade e colégio continua com a liberdade de usar a capela para alguma atividades que se fizerem necessárias”, conta.

Vanderlei diz que a capela Dom Bosco significa muito para Monte Aprazível e para os alunos da escola. “Exemplo disso é que recentemente um casal de ex-alunos veio de Cuiabá especialmente para cumprir uma promessa na capela Dom Bosco. Agora com a concessão, a capela voltou a ter a finalidade para a qual padre Nunes a idealizou”.

Dom Bosco

São João Bosco é um dos santos mais populares da Igreja e do mundo. Foi sua missão específica a educação cristã de jovens. Dom Bosco nasceu em Becchi, no Piemonte, Itália em 16 de agosto de 1815. Filho de camponeses, òrfão de pai aos dois anos, fez os primeiros estudos no meio de inumeráveis trabalhos e dificuldades. Sempre sentiu-se impelido para a o sacerdócio.

Em 1835 entrou para o Seminário de Chieri. Ordenado sacerdote  em 5 de junho de 1841, logo deu provas de zelo apostólico, Em 1846 estabeleceu-se em Valdocco, Turin, onde fundou o Oratório de São Francisco de Sales, Ao oratório juntou uma escola profissional, depois um ginásio, um internato. Em 1855 deu o nome de Salesianos aos seus colaboradores. Em 1859 fundou com os seus jovens salesianos a Sociedade ou Congregação Salesiana.

Em 1875 enviou a primeira turma de seus missionários para a América do Sul. Foi ele quem mandou os salesianos fundar o colégio Santa Rosa, em Niterói, primeira casa salesiana no Brasil e o Liceu Coração de Jesus em São Paulo. Faleceu em 31 de janeiro de 1888 e foi canonizado por Pio XII em 1934.

Categorias: Monte Aprazível