9 de Maio é o prazo limite para o eleitor regularizar situação e tirar documento novo

O mesmo prazo vale para a biometria não obrigatória e para local de acessibilidade para eleitor com locomoção reduzida

Os brasileiros que pretendem votar pela primeira vez  nas  eleições de outubro  têm até o dia 9 de maio para solicitar à Justiça Eleitoral seu título de eleitor. O prazo também vale para os eleitores alterarem seus dados cadastrais ou transferirem seu domicílio eleitoral. A informação é da  chefe do cartório eleitoral de Monte Aprazível, Raquel Matos. Eleitores que não votaram nas três últimas eleições e não justificaram sua ausência também tem até 9 de maio para regularizarem sua situação eleitoral através do pagamento de multa.

Raquel diz ainda que jovens que tenham 16 anos completos na data da eleição em 7 de outubro podem procurar o cartório para fazer seu alistamento eleitoral, porém, ele não está obrigado a votar. Até 9 de maio também é a data  para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral com acessibilidade. De acordo com ela, do mesmo modo esse é o prazo para que presos provisórios e adolescentes internados que não possuam título regular façam o alistamento eleitoral ou solicitem a regularização de sua situação para votar em outubro.

Ao se dirigir ao cartório eleitoral, Raquel diz que o cidadão deve levar consigo o título de eleitor, caso o possua, um comprovante de residência com antecedência mínima de três meses, um documento oficial identificação e o comprovante de quitação militar, quando do sexo masculino.

Biometria

O prazo para o cadastramento biométrico obrigatório na zona eleitoral de Monte Aprazível, que compreende os municípios de Monte Aprazível, Poloni, Macaubal, Sebastianópolis do Sul, União Paulista e Nipoã, ainda não se iniciou, embora o cartório já esteja cadastrando a biometria de eleitores. Tem prioridade para o cadastramento da biometria os agendados pelo site do TRE (www.tre.sp.jus.br), mas o eleitor que comparecer ao cartório eleitoral também pode cadastrar sua digital para evitar filas quando o cadastramento for obrigatório.

Para efetuar o cadastramento biométrico, o eleitor deve comparecer ao cartório eleitoral munido de documento original de identidade com foto, título eleitoral, caso possua, e comprovante de endereço emitido nos últimos três meses. As impressões digitais e a fotografia serão colhidas na hora pelo cartório eleitoral.

Mesmo não sendo ainda obrigatório, o cadastramento biométrico em Monte Aprazível está bem adiantado. Até ontem haviam realizado o cadastramento biométrico  7.785 eleitores, de um colégio eleitoral de 16.986 eleitores, totalizando 45,83% do eleitorado.

Em Nipoã 963 pessoas fizeram o cadastramento biométrico, totalizando 24,61% dos eleitores. Em Poloni comparecera, para o cadastramento biométrico 1.113 eleitores, totalizando 24,65% do eleitorado de 4.516 eleitores. Em Sebastianópolis do Sul compareceram ao cartório para o cadastramento biométrico 883 pessoas de um universo de 2.983 eleitores. União Paulista teve 319 eleitores cadastrados com a biometria, 18,48% do total de 1.726 eleitores e de Macaubal compareceram ao cartório 1.007 eleitores para o cadastramento biométrico, 16,82% do total de 5.987 eleitores.

De acordo com Raquel, o cadastramento biométrico também será realizado até 9 de maio, depois será suspenso durante o período eleitoral, sendo retomado com a reabertura do cadastro em novembro.

Categorias: Geral