Com quatro votos a favor, Norair permanece como prefeito de Tanabi

Norair era acusado da contratação do afilhado, Victor Righeto, como assessor municipal

 

Mesmo com o relatório que pedia a cassação do mandato de Norair da Silveira, de Tanabi, aprovado por 7 votos, ele permanece no cargo.

Para consumar a cassação eram precisos oito votos. Os vereadores Alexandre Bertolini, Advaldo Cristal, Rodrigo Bechara e Devinha Zanetone votaram contra o relatório do vereador Fabrício Missena.

Categorias: Tanabi