Políticos se movimentam para reabrir agência do IBGE

Depois de mais de 40 anos atuando em Monte Aprazível a agência do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) da cidade foi fechada após a aposentadoria do então chefe Enive Violin e de um funcionário de carreira, José Moreira Gomes. A agência foi fechada e pode reabrir em Mirassol. Conforme A Voz Regional apurou a agência deve ser reaberta em Mirassol para beneficiar uma funcionária da cidade que trabalha na agência de Rio Preto. Inconformados com o fechamento da agência lideranças da cidade se mobilizam para reverter o quadro e fazer com que a agência volte a funcionar em Monte.

O prefeito de Monte Aprazível, Márcio Miguel, diz que tomou conhecimento do fechamento da agência através da imprensa, mas já agendou reunião com o representante estadual do IBGE em São Paulo para se inteirar do assunto. Em entrevista a A Voz ele disse que se o fechamento da agência se deu por questões políticas tomará as medidas necessárias para que isso não ocorra.

O presidente da Câmara de vereadores, João Célio Ferreira, diz que não foi comunicado oficialmente do fechamento em definitivo da agência e da possível abertura em Mirassol, mas afirma que a Mesa Diretora da Câmara irá oficiar o Ministério do Planejamento, ao qual o IBGE está ligado, em Brasília solicitando informações e a permanência da agência em Monte Aprazível.

Segundo João Célio, o fechamento ou transferência da agência da Monte Aprazível não prejudica apenas a cidade e os órgãos públicos e empresas  locais, mas todas os municípios que fazem parte da agência, como Tanabi, Poloni, Nhandeara, Sebastianópolis do Sul, Macaubal, Nipoã.  “Vamos entrar em contatos com as câmaras dessas cidades para a reabertura da agência e a alocação de funcionários. Se não tiverem funcionário, o que é um absurdo dada a importância do órgão, que o Ministério do Planejamento faça um concurso público, pois essa deve ser a realidade em outras agências”, protestou João Célio.

O vereador Donaldo Luiz Paiola, delegado do PSDB em Monte Aprazível, ao saber do fato entrou em contato com as lideranças do partido que agendaram para a próxima terça-feira uma reunião com o gerente da agência do IBGE em São José do Rio Preto. “Faremos tudo o que for possível politicamente para a permanência do IBGE em Monte Aprazível”, diz.

Eloy Gonçalves, presidente do PMDB em Monte Aprazível, diz que o partido fará o que o prefeito Márcio Miguel pedir para a manutenção da agência do IBGE em Monte Aprazível. “Vamos empenhar nossas lideranças no governo federal para lutar pela manutenção da agência na cidade”, conclui.

Categorias: Monte Aprazível