Trabalhador pode sacar PIS e PASEP até 26 de setembro

Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dosPprogramas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar seus recursos desde a última terça-feira. O prazo para o saque vai até 28 de setembro.

José Orivaldo Silva, gerente da agência da Caixa Econômica Federal em Monte Aprazível, diz que tem direito às cotas do PIS o trabalhador cadastrado no Fundo PIS/PASEP entre 1971 e 4 de outubro de 1988 que ainda não sacou o saldo total de cotas na conta individual de participação.

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do PASEP.. Para cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal pelo telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do PASEP, a consulta é feita no Banco do Brasil pelo telefone 0800-729-0001.

De acordo com José Orivaldo, o saque das cotas do PIS será efetivado após a confirmação do direito nas agências da Caixa. Os pagamentos das cotas do PIS com valor até R$ 1,5 mil podem ser realizados no caixa de autoatendimento apenas com a Senha Cidadão, sem necessidade do Cartão Cidadão, ou com Cartão Cidadão e Senha nas casas lotéricas mediante apresentação de documento oficial com foto.

Os saques de valores até R$ 3 mil podem ser feitos com Cartão Cidadão e Senha Cidadão no caixa de auto atendimento e casas lotéricas, com documento de identificação oficial com foto. Os valores acima de R$ 3 mil devem ser sacados nas agências, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto. A caixa, segundo o gerente, orienta que os trabalhadores consultem o site www.caixa.gov.br/cotaspis para verificarem se possuem direito.

José Orivaldo diz que a Caixa criou um serviço exclusivo em seu site (www.caixa.gov.br/cotaspis) para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao saque da cota PIS. Na página, o trabalhador pode visualizar se possui o direito e o valor que tem a receber, a data do saque e os canais disponíveis para a realização do pagamento.

Ele explica ainda que os beneficiários legais, na condição de herdeiros, poderão comparecer a qualquer agência da Caixa, portando o documento oficial de identidade e o documento que comprove sua condição de herdeiro para realizar o saque. “Deverão ser apresentados o documento de identificação pessoal válido do sacador, o comprovante de inscrição PIS e o documento que comprove a relação de vínculo com o titular, dentre as seguintes certidão ou declaração de dependentes habilitados à pensão por morte pelo INSS, atestado fornecido pela entidade empregadora, no caso de servidor público, alvará judicial designando o sucessor/representante legal ou formal de partilha/escritura pública de inventário e partilha”.

Categorias: Geral