Norair promete recapear toda a cidade e por fim ao drama da falta d’água na Zona Norte

Com grande volume de recursos próprios, prefeito de Tanabi recupera ruas e amplia armazenamento de água

 

O prefeito de Tanabi, Norair da Silveira (PSB), se mostra orgulhoso e realizado ao falar dos investimentos que a sua administração tem realizado nas áreas de urbanismo e abastecimento de água. A falta de água na Zona Norte, onde estão os bairros mais populosos da cidade, ele garante, está resolvido, e não haverá ponto na cidade com ruas esburacadas  que causem incômodo e riscos aos moradores.

A certeza dele em por fim ao drama vivido por décadas na cidade, segundo ele, se sustenta na duplicação da capacidade de armazenamento de água com a instalação de um reservatório de 300 mil litros. De pouco adiantaria o reservatório, segundo o prefeito,   se não houvesse a preocupação com a produção de água e a sua perda rede por vazamento.

De acordo com ele, o aprofundamento na captação de um dos poços, elevou a vazão total de pouco mais de 20 mil litros/hora para uma produção entre 30 mil a 40 mil litros.

Para evitar o desperdício da água produzida e tratada na rede, a prefeitura contratou uma empresa para “caçar” vazamentos e o prefeito aponta que já foram sanados 70%  dos pontos e lembrou que se trata de um trabalho demorado, pois os pontos só são detectados depois das 20h e nos finais de semana, quando a pressão sobre a tubulação é maior.

“Em Tanabi, nunca se teve preocupação com o planejamento, fora das gestões em que fui prefeito. Nada é dimensionado pensando no futuro e mesmo na manutenção e foi isso que aconteceu  com o abastecimento de água, a cidade cresceu, cresceu a demanda e não houve aumento na oferta e estoque. A produção ficou e permaneceu pequena, enquanto a rede se deteriorava e se perdia cada vez mais agia”, denuncia Norair.

Foi detectado vazamento no reservatório do loteamento Comendador José Onha e a prefeitura está providenciando a substituição ao custo de R$ 40 mil.

Asfalto

Nos 22 meses da atual gestão,   os investimentos no recapeamento e pavimentação de ruas somam quase R$ 4 milhões. Do total, R$ 3,1 milhões são de recursos da própria prefeitura e atingiram diversos pontos da cidade. Cerca de R$ 2 milhões próprios foram investidos em outros setores como R$ 120 mil na sinalização de trânsito, na melhoria do abastecimento de água,  R$ 400 mil na reforma da escola do distrito de Ecatu, conservação de estradas rurais e obras e serviços urbanos.

A maior obra é a pavimentação da vicinal do Distrito Industrial que exige construção de ponte e obra de arte, a um custo de cerca de R$ 2 milhões da prefeitura. Outros R$ 1,6 milhão em recurso próprio deixou de ser aplicado na pavimentação de acesso à alça de retorno no KM 474, possibilitando um segundo acesso à cidade. A Câmara não permitiu o remanejamento de dotação no orçamento. Norair incluiu o valor no Orçamento de 2019, o que dispensa autorização legislativa para o ano que vem.

Norair anunciou que aguarda a liberação de duas emendas parlamentares ao orçamento estadual que somam R$ 600 mil, também, para recapeamento que dever estar na conta do município em 2019.

O sentimento de realização do prefeito reside justamente no fato, segundo ele, de ter o absoluto controle das contas públicas, com o município tendo condições de investir, num momento em que é regra os municípios enfrentarem dificuldades com pagamentos.

Categorias: Tanabi