Santa Casa de Tanabi recebe R$ 150 mil da Usina Guarani para reformar prédio

Será feita a reforma do telhado do prédio, construído há 80 anos e na compra de equipamentos e utensílio para a cozinha

 

A Santa Casa de Tanabi recebeu da Tereos, grupo multinacional francês controlador da Usina Guarani, doação de R$ 150 mil, na terça-feira, em ato político que contou com o presidente dos negócios brasileiros da empresa, Jacyr Costa Filho, do prefeito Norair da Silveira (PSB), deputado Itamar Borges e vereadores. Segundo o provedor da Santa Casa, Edmilson Bezerra Souza da Costa, o recurso será usado para custeio de melhorias no hospital.

De acordo com ele, será feita a reforma do telhado do prédio, construído há 80 anos e na compra de equipamentos e utensílio para a cozinha. Costa enfatizou que as duas principais fontes de recursos, do Sistema Único de Saúde e a prestação de serviços de pronto socorro para a prefeitura, e outras fontes alternativas, são insuficientes para cobrir as despesas mensais do hospital, que acumulam um déficit de R$ 34 mil mensal. Esse descompasso orçamentário, segundo ele, é coberto por emendas parlamentares e outras doações, daí a importância da iniciativa da Usina Guarani. A Santa Casa São Vicente de Paulo existe há 80 anos e 85% do atendimento são voltados para o SUS. Atualmente o hospital conta com 52 leitos clínicos e 20 leitos psiquiátricos.

Jacyr Costa Filho explicou que o grupo distribuiu doações que somam R$ 2.5 milhões, a instituições de saúde localizadas nas cidades de atuação das usinas. “Em um momento em que a população brasileira vem envelhecendo, é de suma importância apoiar instituições de saúde que ofereçam atendimento público e de qualidade. Esta iniciativa vem reforçar o compromisso social da Tereos na região.”

O prefeito Norair declarou que o repasse de R$ 150 mil é uma grande ajuda, que reflete em bom atendimento para nossa população e em nome dela agradeceu “de coração” a iniciativa da Tereos.

Sobre a Tereos

A Tereos é uma líder global nos mercados de açúcar, álcool, etanol e amidos. Os compromissos do grupo com a sociedade e com o meio ambiente têm contribuído com a performance da companhia no longo prazo, enquanto reforça nossa atuação responsável. O grupo Tereos reúne 12 mil produtores cooperados e possui com reconhecido know-how no processamento de beterraba, cana-de-açúcar e cereais. Operando 49 unidades industriais e contando com 25.000 colaboradores em 17 países, Tereos atende seus clientes em seus mercados locais, com uma oferta ampla de produtos. No período de 2017/18, o grupo obteve uma receita de 5 bilhões de euros, algo em torno de R$ 20 bilhões.

A Tereos no Brasil é composta pela Tereos Açúcar & Energia Brasil, Tereos Amido & Adoçantes Brasil e Tereos Commodities Brasil. No noroeste do Estado de São Paulo, a melhor área agrícola brasileira para o cultivo de cana-de-açúcar, a Tereos Açúcar e Energia Brasil – detentora da marca Guarani, voltada para o varejo, e produtora de etanol e energia elétrica, proveniente da cogeração do bagaço de cana-de-açúcar – concentra suas sete unidades de processamento (Andrade, Cruz Alta, São José, Severínia, Mandu, Tanabi e Vertente) e duas refinarias (Cruz Alta e Andrade). Tereos Amido & Adoçantes Brasil, com operação em Palmital (SP), diversifica o portifólio da Tereos Brasil com a fabricação de produtos derivados de milho e mandioca. A Tereos Commodities opera como trading e possui escritórios em sete países.

Categorias: Tanabi