Bonequeiras voluntárias confeccionam o Natal da meninas

Meta de bonequeiras é confeccionar cinco mil brinquedos

 

Um grupo de voluntárias de Monte Aprazível confecciona bonecas de pano para doar para crianças do município. O projeto As Bonequeiras na Rede do Bem começou com o propósito de possibilitar as pessoas doarem seu tempo e construir novas narrativas para as participantes do projeto, pessoas assistidas pelos projetos sociais do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e pessoas da comunidade.

A assistente social Luciana Martins Trídico, gestora da Assistência Social do município, diz que o projeto é um exercício “onde elas precisam aprender a fazer para doar. Há ainda o valor sentimental da construção das bonecas que chega até as crianças que vão recebê-las. Vale mencionar também o envolvimento dos distritos, onde estamos com um grupo de bonequeiras, fato que auxilia na integração dos distritos como parte atuante do município”.

O Bonequeiras na Rede do Bem é um projeto do Fundo Social de Solidariedade, da prefeitura com as oficinas da Assistência Social. O projeto conta com uma oficineira que fez os moldes e desenvolveu toda a metodologia da construção das bonecas. Ele é desenvolvido as terças-feiras a partir das 13h30, mas Luciana diz que estuda a ampliação dos dias e horários das oficinas em razão da grande demanda de voluntários. O material para a confecção das bonecas é de responsabilidade da prefeitura e dos parceiros do projeto.

É meta do projeto, segundo Luciana, a confecção de cinco mil bonecas, que serão distribuídas as crianças do município por ocasião do Natal. Ela conta que “pensamos na boneca porque ela representa mais que um brinquedo para a criança, ela externa o momento que a criança está vivendo, cria uma identificação e cria um aconchego, além de ter o fato do carinho e do desejo de fazer o brinquedo a ser doado. A confecção das bonecas não é o fim, é um meio de todo do processo de criação, é a convivência entre as bonequeiras”, enfatiza.

Luciana valoriza muito o voluntariado e afirma que tem estudos que comprovam o benefício do voluntariado. “Estudos apontam que pessoas que fazem um trabalho social voluntário de no mínimo 4 horas por semana vivem mais e mais felizes”, conclui.

Categorias: Monte Aprazível