Rodrigo Bechara desiste da reeleição à Câmara para disputar a prefeitura

Lançamento da pré-candidatura será no dia 5, em plenária com  candidatos ao Legislativo

 

A ex-vereadora Leila Bechara abre as portas de sua residência, na sexta-feira, aos militantes e simpatizantes do Podemos para o lançamento da pré-candidatura de seu filho, o vereador Rodrigo, à sucessão do prefeito Norair da Silveira. Na ocasião, segundo o candidato, será anunciada parte da chapa  dos candidatos  do Podemos que irá concorrer a uma das cadeiras do Legislativo tanabiense,

Rodrigo pondera que está trocando a quase certa reeleição para a Câmara por uma campanha de prefeito muito mais difícil e incerta e que toma a decisão em nome de um projeto político. “O mandato de vereador que vou cumprir, até aqui, mesmo com as limitações constitucionais do cargo, me deu uma satisfação muito grande, representar a população de sua cidade é uma satisfação enorme que honra e enriquece a biografia de todo cidadão. Desisto da reeleição em nome de um projeto para Tanabi e para abrir espaço e incentivar a participação de jovens, de lideranças comunitárias   e de outros setores da sociedade tanabiense na política do município.”

Por isso, o futuro candidato adianta que parte dos candidatos à Câmara em sua chapa será anunciada na reunião do 5. “Vamos lançar uma chapa de vereadores completa de 17 candidatos. Sete nomes já estão definidos, incluindo algumas mulheres e é fundamental que as mulheres participem mais da política, outros nomes serão anunciados até o final do ano, com uma campanha massiva de filiação de novos militantes e a chapa estará completa, no ano que vem, por ocasião do registro da minha candidatura e do vice que será definido até julho do ano que vem.”

Rodrigo propõe não só a renovação, termo, aliás, que se desgastou pelo discurso surrado nos últimos anos. “Não é apenas a renovação de nomes que estão no cenário político da cidade há quarenta, vinte anos, mas renovação de ideias, de conceitos políticos mais afinados  com governança, com participação mais efetiva da iniciativa privada na administração pública, com visões mais ampla e plural que contemplem expectativas mais gerais da população que é cada vez mais dinâmica, mais informada, mais exigente com os serviços públicos e que demanda por emprego de qualidade,  vida saudável, cuidados  ambientais, acesso ao lazer e à cultura. Não bastam mais ao cidadão soluções simplistas, as soluções precárias e sem planejamento do fazer por fazer e muito menos do deixar de fazer e para responder a esses anseios, o gestor deve ter o olhar concentrado na sociedade. O cidadão quer uma cidade pensada, uma cidade funcional e inteligente e para atender essa demanda o gestor precisa olhar para novas direções e não ficar admirando o próprio umbigo ”, resume Rodrigo.

É em nome de ideias novas, novos conceitos de gestão que quer para Tanabi que Rodrigo se diz candidato e nessa empreitada tem o apoio da mãe ex-vereadora e demais parentes e o incentivo do tio Jorgito, ex-vereador por quatro mandatos. “Quando estive na política como vereador, trabalhando na prefeitura, tive muitas oportunidades de me candidatar e não o fiz. Não me faltou apoio, faltou coragem e o Rodrigo demonstra ter a coragem que não tive”, constata Jorgito.

Categorias: Tanabi