Diretório Estadual do DEM entrega partido a Marcos Paulo

O coordenador regional do DEM, deputado Geninho Zuliani, de acordo com o vice-governador e presidente estadual da sigla, Rodrigo Garcia, decidiu a disputa pela sigla em Tanabi em favor do Marcos Paulo Mazza. A decisão desprestigiou os próprios familiares de Rodrigo, como Marcel Cadamuro, declarado candidato a vice na chapa de Valdir Uchoa (PL), e Samuel Garcia, secretário municipal da Cidadania e Direitos Humanos, que devem deixar a legenda. Também já está de “malas prontas” o vereador Alexandre Bertoline.

De acordo com o presidente da nova Comissão Executiva Provisória do partido, Marco Paulo. A orientação recebida é no sentido de iniciar uma campanha de filiações para compor uma chapa competitiva de candidatos para a Câmara e, “se possível” lançar candidato a prefeito.

Marcos Paulo garantiu que está conversando com o vice-prefeito Fabio Ceron e pelo menos dois vereadores, Gilbertinho Faria (PSD) e outro que não revelou o nome, possivelmente, Sidinei Pardal. Fábio Ceron, caso aceite, deixa o PSDB. João Mazza, pai de Marcos e nomeado secretário da nova Executivo, tem mantido contatos com Devair Zanetone, pai do vereador Devinha, que postula uma candidatura a prefeito pelo (MDB).

A nova Executiva tem ainda como vice-presidente, o empresário Hélcio Pacheco, e como tesoureiro, Nivaldo Mazza.
Marcos Paulo disse que vai continuar mantendo contato com todos os partidos e postulantes de oposição ao cargo de prefeito no sentido de lançamento de uma candidatura única da oposição.

“Estamos aberto ao debate. Gostaríamos que o Marcel (Cadamuro) continue no partido e tente viabilizar sua candidatura a vice-prefeito dentro do partido. Para o DEM ter uma candidatura própria a prefeito ou a vice é importante, mas o objetivo do partido continua o mesmo, que é de união em torno de uma candidatura única da oposição”, finalizou.

Categorias: Política